, ,

Ressignificar Laços

08:00:00


Olá Amores!

Como vocês estão? Estou muito feliz em poder estar aqui com a psicóloga Aline Brito para compartilhar com vocês mais um pouquinho sobre maternidade, então vamos lá. Diz aí Aline o que temos para hoje.

Imagem da Internet




Oie,
Vamos dar mais um passinho!?
Você conseguiu perceber como repetimos padrões comportamentais? Está satisfeita com seus padrões! Se sim, vamos aperfeiçoar, mas se não, borá fazer diferente com nossos filhos?
Que tal primeiramente fortalecer a conexão com nossos filhos?
Segundo Johh Gottman, em seu livro Inteligência emocional e a arte de educar nossos filhos, existem alguns tipos de pais, dentre eles, os que orientam os filhos a lidar com suas emoções, também chamados de “preparadores emocionais”.
Ok, vamos falar na minha língua moça!
Esse grupo de pais chamados preparadores emocionais, são os que conseguem ver nas emoções negativas dos seus filhos, uma oportunidade para criar intimidade.
Devido ao momento de isolamento que estamos vivendo, nossos filhos acabam apresentando emoções e comportamentos como tristeza, raiva, tédio, estresse, rebeldia, entre tantos outros. O que eles vão lembrar destes momentos? Você já pensou nisso!
Que tal com sinceridade dizer a eles que isto também e novo pra você e que vão lidar com isto juntinhos e como isso é importante pra você!
Que tal deixar a crítica, a cobrança e se abrir para o novo!
Um momento legal é reunir a família e criarem juntos regras e combinados. Vale para arrumação, limpeza, organização, tarefas da escola e claro, aquele momentinho de curtirem juntinhos, um jogo, um filminho! O que seu filho gosta de fazer? Ele tem algum hobbie? Que tal se interessar um pouquinho pelo que ele gosta, pelo universo do outro e quem sabe assim poderá surgir algo em comum! Ah você já sabe! E o que faz com esse saber!? Pergunte com sinceridade e ouvidos atentos, poderá ser uma oportunidade de saber um pouquinho mais sobre ele e criar uma conexão maior.
Aqui estou entendendo mais sobre “Pokémon” e o” Super Mário”. Sim amigas, meus próximos filhos já tem até nomes segundo meu filho: “Mamãe um vai ser Mário e o outro Luigi!”. Ah...e por aqui amamos filmes e jogar ”Uno” e dominó! E por aí?
 Outra coisa é ouvir a opinião de cada um, dar voz a eles é importante e principalmente chegarem num consenso comum, sabe, aquele bom pra todo mundo! Isso também auxilia a criar laços e facilitar a rotina. E que tal um sorteio! Principalmente quando se tem dois ou mais filhos! E é uma excelente oportunidade para aprenderem que nem tudo é como a gente quer né!
Lembre-se: que além das regras, os comportamentos dos pais também são observados e copiados pelos filhos que observam as interações dos pais com elas e com os outros. E não é só comportamentos verbais (fazer perguntas, produzir informações...), mas os não verbais também ( sorriso, tom da voz...).
Mas o mais importante queridas! Não se cobrem tanto! Deixe a perfeição de lado! Principalmente com vocês mesmas! Você esta fazendo o seu melhor com o que você tem e pode fazer. Cuide de si mentalmente e fisicamente, para que possa auxiliar sua família e passar por este momento da melhor forma possível!

Até a próxima semana!
Divirtam-se

GOTTMAN, John. Inteligência emocional: e a arte de educar nossos filhos: como aplicar os conceitos revolucionários da inteligência emocional para uma nova compreensão da relação entre pais e filhos. Ed. Objetiva, 1997.



BEIJOS!BEIJOS!


You Might Also Like

0 comentários

SUBSCRIBE NEWSLETTER

Get an email of every new post! We'll never share your address.